Exercício físico e testosterona: qual é a relação?

Bem-estar Movimento
14 de Março, 2023
Bianca Carolina Pichirilli
Revisado por
Educadora Física • CREF 144786-G/SP
Exercício físico e testosterona: qual é a relação?

Quem pratica exercício físico com o objetivo de ganhar massa muscular costuma conhecer bem a importância de manter a produção de testosterona a todo vapor no organismo. Nesse sentido, alguns tipos de treinos geram uma produção maior de testosterona. Por exemplo, os de alta intensidade, explosão e musculação, principalmente aqueles que envolvem grandes grupamentos musculares e uma intensidade considerável. Entenda mais sobre essa relação.

Leia mais: Testosterona: entenda a importância do hormônio para a saúde

Exercício físico e testosterona: afinal, qual é a relação?

De acordo com Bruno Viotti, profissional de educação física, a testosterona tem ação anabólica. Assim, estimula a reconstrução do tecido muscular exigido durante o exercício, o que favorece o aumento de força e a hipertrofia. Além disso, aumenta a libido e a energia.

“Mas, para que estes exercícios possam ter efeito de ajudar no aumento da produção de testosterona, é necessário manter o peso adequado. Também é importante dormir bem e ingerir quantidades adequadas de vitaminas e minerais”, completa.

No entanto, mesmo que certos tipos de exercícios aumentem a produção de alguns hormônios, é fundamental que eles estejam orientados por um profissional de educação física. “Fazer mais séries do que ideal, pegar mais peso do que o necessário ou não dar o tempo certo para os músculos descansarem entre os dias de treinamento pode gerar um grande estresse no organismo e acabar trazendo efeito contrário”, frisa o profissional.

Exercícios para aumentar a testosterona

Confira os principais:

  • Musculação;
  • HIIT;
  • Crossfit;
  • Funcional;
  • Esportes de alta intensidade;

Além disso, é importante também estar atento à alimentação, incluindo vitamina D, zinco, magnésio e arginina, procurando evitar dietas de restrição calórica e o consumo de bebidas alcoólicas. “Manter o peso equilibrado também é uma forma de aumentar os níveis, pois o excesso de gordura no corpo pode transformar a testosterona em estrogênio”, afirma Viotti.

Outro fator que faz com que a testosterona possa ser formada adequadamente, é o sono. Porque é durante o  tempo que as pessoas dormem, que o cérebro pode produzir os hormônios necessários, e faz a regulação dos que podem estar a mais, como o cortisol, que prejudica a formação e aumento da concentração de testosterona no sangue.

Fonte: Bruno Viotti, profissional de educação física e pós-graduado em bodybuilding coach.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!