Erros no cardio que atrapalham o ganho de massa muscular

Bem-estar Movimento
26 de Abril, 2023
Erros no cardio que atrapalham o ganho de massa muscular

O treinamento cardiovascular é super importante para quem treina, seja para emagrecer ou para construir músculos. No entanto, muitas pessoas cometem erros no cardio que podem atrapalhar o ganho de massa muscular.

De acordo com Fernando, professor do curso de Educação Física da Estácio, se o objetivo principal é ganhar músculos, o aumento da capacidade respiratória deve ser um ganho secundário. “Dessa forma, o treino principal deve ser o treinamento de força, o cardio não pode interferir de forma significativa”, explica. 

Ou seja, o ideal é não focar apenas no cardio, mas sim, combiná-lo com a musculação. Para Fernando, isso acaba otimizando os dois treinamentos.

Além disso, muitas pessoas optam por realizar o cardio antes da musculação, mas essa não é a melhor opção. “Quando eu coloco os dois tipos de treinamento na mesma sessão, deve se iniciar pelo treinamento de força e não pelo cardio. Pois nesse caso, as reservas energéticas estão em melhores condições para dar suporte ao desenvolvimento do treino de força, o que não aconteceria se os treinos fossem invertidos”, ressalta o professor de Educação Física.

Leia mais em: Como ter mais ânimo para treinar em casa

Erros no cardio: qual é a frequência recomendada?

Segundo Fernando, a frequência recomendada de treinamento aeróbio para ter um bom resultado é de 3 a 5 dias por semana.  O que pode variar é a intensidade: se for moderada, o ideal é 5 dias na senama, e intensa, 3 dias.

“É possível conseguir benefícios com uma frequência menor. Mas, neste caso, há necessidade de trabalhar altos volumes e maiores intensidades, o que aumenta o risco e traz benefícios menores”, ressalta.

A duração das sessões podem variar entre minutos até uma hora, o que também vai determinar é a intensidade.

Como escolher o melhor exercício?

Com tantas opções de exercícios aeróbicos, podem surgir dúvidas sobre quais são os melhores movimentos. Fernando afirma que para combinar um movimento cardio com a musculação, você deve pensar nos músculos envolvidos na atividade.

Se você correr, por exemplo, os músculos da perna serão trabalhados durante a atividade. Por isso, os exercícios de musculação para membros inferiores devem ser intercalados com o cardio de forma que não sobrecarregue a musculatura envolvida.

Fonte: Fernando Alves, professor do curso de Educação Física da Estácio.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas