Ecoísmo: Conheça a personalidade oposta ao narcisismo

Bem-estar Equilíbrio
04 de Setembro, 2023
Lívia Barbosa Alves de Souza
Revisado por
Psicóloga • CRP 01/22261
Ecoísmo: Conheça a personalidade oposta ao narcisismo

O ecoísmo é o oposto do narcisismo: é o medo de ser narcisista. Pessoas ecoístas temem ser o centro das atenções ou um fardo para os outros, também costumam ter um coração caloroso, a ponto de exagerar e não receber de volta. 

Assim, ter uma personalidade ecoísta não significa necessariamente ser modesto. Mas sim evitar passar uma imagem egocêntrica e egoísta, que provoque críticas e rejeição.

Características de um ecoísta

Medo de ocupar qualquer espaço

Ecoísta evita assiduamente qualquer destaque (real ou imaginário). Dessa forma, mesmo o reconhecimento sutil  de suas realizações ou necessidades faz com que se sinta egoísta.

Leia mais em: Narcisismo: O que é e como identificar o transtorno

Baixa autoestima

Os ecoístas têm baixa autoestima, muitas vezes se sentem ansiosos, exaustos e deprimidos. É normal não se sentirem especiais ou pensar que não inspiram confiança, o que implica em uma imagem negativa de si mesmo.

Todos em primeiro lugar

Uma das características de alguém ecoísta é ser ótimo em cuidar dos outros e resolver seus problemas, muitas vezes a tal ponto que a identidade deles gira em torno disso. Não importa quais sejam suas necessidades e desejos, encontrarão uma maneira de manter o bem-estar alheio.

Padrões duplos

Geralmente quem tem essa personalidade pensa que não há problema em outros terem necessidades e desejos. Mas, eles vêem isso como uma fraqueza. Para eles, também é difícil receber cuidado e carinho. 

Limites fracos

Alguém com ecoísmo possui limites fracos ou nem sabe que pode ter limites. Diz que sim, mesmo quando quer dizer não.

Nunca pede ajuda

Embora gostem de reconhecimento, eles focam apenas nos problemas dos outros. Assim, é uma estratégia inconsciente para impedir a rejeição, enquanto se distraem das próprias demandas e preocupações.

Dito isso, os ecoístas mantêm um controle próximo de seus pedidos, com medo de passar uma imagem de egoísta. No entanto, em alguns momentos de nossas vidas todos nós precisamos de ajuda. Portanto, quando isso acontece, os ecoístas começam a experimentar um sofrimento emocional.

Recomendações importantes

Por fim, de acordo com Lívia de Souza, psicóloga da Vitat, o ecoísmo não é reconhecido como característica de personalidade em nenhum manual diagnóstico, tampouco existem boas referências que validam e mensuram essa característica.

Sendo assim, foi criado por uma pessoa, porém não foi validado cientificamente, então pode ter características de diversas condições simultaneamente. Nesse sentido, caso queira saber mais sobre si e identificar possíveis prejuízos advindos de algumas características, procure um psicoterapia com um psicólogo credenciado no CRP para avaliar o problema e iniciar um tratamento.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!