Dormir de máscara pode melhorar a qualidade do sono, diz estudo

Bem-estar Sono
02 de Março, 2023
Dormir de máscara pode melhorar a qualidade do sono, diz estudo

Um acessório simples, que certamente você já viu nos filmes — a máscara para dormir — pode fazer a diferença no seu sono. É o que sugere um estudo da Universidade de Cardiff, do Reino Unido, que recomenda o uso do aparato para melhorar a qualidade do descanso.

Veja também: Afinal, faz mal pular o café da manhã?

Como a máscara para dormir pode beneficiar o nosso sono?

O motivo é muito simples: a máscara é capaz de bloquear qualquer tipo de claridade. Dessa forma, o ciclo do sono se torna mais eficaz, o que impacta na boa memória, aprendizado, disposição e até no melhor funcionamento do metabolismo.

Para comprovar os benefícios do acessório, os cientistas britânicos reuniram 129 participantes, com idades entre 18 e 35 anos. Primeiro, 94 voluntários utilizaram a máscara durante a semana enquanto dormiam; depois, passaram a dormir sem ela por mais uma semana.

Contudo, em ambos os casos, os indivíduos fizeram um teste nos últimos dias de cada semana do experimento para exercitar a memória.

Como resultado, a avaliação na semana de uso da máscara para dormir foi melhor, com mais desempenho da memória dos participantes.

Já na segunda parte da pesquisa, que incluiu as 35 pessoas restantes, teve novamente o uso de máscara. Dessa vez, os cientistas colocaram dispositivos nos tapa-olhos para mapear a intensidade de luz ao despertar, além de observar a atividade do cérebro durante o sono.

A dinâmica assegurou o que os autores já haviam constatado: que a privação de luz causada pela máscara auxilia a aprendizagem e a memória. Além disso, ao longo do sono, a ausência de luz reduz a velocidade das ondas cerebrais, processo que ajuda a afiar a formação de lembranças.

Embora não influencie no aumento da duração do descanso, utilizar a máscara para dormir é uma alternativa acessível e aliada de um sono melhor.

Higiene do sono: outras dicas além da máscara para dormir

Um a cada três brasileiros sofrem com a insônia em diversos graus. A informação vem de um estudo da SleepUp, startup focada em solucionar distúrbios do sono. No entanto, a média pode ser ainda maior, pois muitas pessoas não buscam ajuda médica quando enfrentam problemas para dormir.

A insônia pode ser sintoma de doenças, como a de Parkinson, mas também possui relação com o estilo de vida. Rotina intensa, com muitos compromissos, estímulos e preocupações, por exemplos, pode tirar o sono de qualquer mortal.

Em contrapartida, é possível fazer as pazes com o travesseiro por meio da higiene do sono. Ou seja, hábitos simples que lhe preparam para dormir melhor.

A seguir, veja o que pode ajudar a conquistar o “descanso dos justos”:

Estabeleça um horário para dormir e acordar

Rotina de horários é fundamental para a sincronização do seu relógio biológico, regularização da produção de alguns hormônios e, claro, para promover um sono reparador.

Sabe aquele dia que você acorda bem e disposto 2 minutos antes do despertador tocar? Então, esse é seu relógio biológico sincronizado!

Utilize a cama apenas para dormir 

Não coma, leia, estude ou assista TV na cama. Tenha um bom colchão, travesseiro e roupas de cama confortáveis. Além disso, vá para cama apenas se já estiver com sono.

Ir para a cama sem sono apenas porque já está no horário não é bom e pode contribuir para o surgimento ou agravamento de um quadro de insônia.

Cochilos durante o dia devem ser breves

Algumas pessoas se beneficiam da soneca após o almoço, é um hábito saudável que beneficia muitas pessoas. Cochilos noturnos podem prejudicar a indução do sono, mas algumas pessoas podem também se beneficiar de um breve cochilo ao final da tarde. Caso a pessoa sofrem de insônia os cochilos devem ser evitados.

Se exponha à luz solar pela manhã

A exposição à luz solar (natural) pela manhã é essencial para o nosso organismo saber que o dia chegou e que precisamos entrar em estado de alerta. A variação entre dia e noite é considerado o principal sincronizador do nosso relógio biológico.

Evite a luz azul, sobretudo após o escurecer

Seguindo o mesmo raciocínio, devemos evitar a exposição à luz a noite. Ou seja, a luz azul emitida pelas telas dos smartphones, televisão, computadores e lâmpadas de LED, ao ser absorvida pela retina, suprime a produção da melatonina – hormônio que induz o sono – estimulando o cérebro a permanecer em estado de alerta ao invés de descansar.

Escolha uma máscara para dormir confortável

Por fim, já que o assunto principal foi o acessório, priorize um que não vá apertar a cabeça, mas que fique firme no rosto. E não se esqueça de lavar a máscara com frequência para não irritar os olhos!

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor

prato conhecido como costelinha de milho, geralmente feito na air fryer
Alimentação Bem-estar Receitas

“Costelinha” de milho na air fryer fica uma delícia!

Apesar do nome "costelinha", o preparo é vegano -- o milho é o principal ingrediente, e fica pronto em poucos minutos na air fryer

mulher olhando o celular
Bem-estar Equilíbrio

Redes sociais geram efeito “cérebro de pipoca”

“Cérebro de pipoca” ocorre quando nosso foco salta de rapidamente de uma coisa para outra, como grãos de milho quando estouram