Dia do amigo: A importância de manter amizades

20 de July, 2022

“Amigo, estou aqui”. Você já deve ter ouvido essa frase em um filme muito conhecido: Toy Story. A citação é de uma música do cantor e compositor Zé da Viola. Hoje, 20 de julho, é dia do amigo e, assim como a canção, nós viemos ressaltar o quanto manter amizades contribui para o nosso bem-estar.                            

Ter alguém para contar não só em situações difíceis, de tristeza, mas também nos momentos de alegria e diversão. Assim, ter amigos traz mais estabilidade emocional, aumenta a empatia, autoconfiança, entre muitos outros benefícios.

Amigo estou aqui – Canção do cantor e compositor Zé da Viola

Como surgiu o dia do amigo

O dia do amigo é comemorado mundialmente em 20 de julho. A data foi criada pelo professor de psicologia, Enrique Ernesto Febbraro, na Argentina, em 1999. Dessa maneira, o argentino teve essa ideia quando o homem chegou à Lua, pois ele acreditava que a união entre os seres humanos superaria qualquer desafio.

De acordo com o La Nación, jornal argentino, Febbraro escreveu mais de 1.000 cartas para pessoas ao redor do mundo, ressaltando a importância de ter amigos. Para o argentino, “uma comunidade de amigos é uma nação imbatível”.

Após isso, países como a Argentina, Uruguai, Chile e até mesmo o Brasil aderiram à ideia, adicionando a data no calendário como uma nova comemoração. 

Importância de ter amigos

Assim como a família, os amigos são as pessoas na qual nós estabelecemos os vínculos mais profundos e duradouros. A amizade deve ser cultivada desde a infância, pois ela tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças – tanto psíquico quanto social.

De acordo com Rejane Sbrissa, psicóloga cognitiva, as trocas sociais vivenciadas pelos seres humanos são capazes de desenvolver sentimentos positivos como a alegria, celebração, e satisfação. Mas essas experiências também são responsáveis por sentimentos um tanto quanto ruins, como tristeza, decepção e frustração.

“A amizade gera muitos benefícios para nossa saúde mental. Através da amizade sincera, vem o bem-estar, otimismo e companheirismo. Ter um amigo que você possa contar a todo momento faz com que a vida não se torne um peso. Além disso, nos sentimos mais fortes psicologicamente para enfrentar desafios e adversidades da vida”, explica a psicóloga.

Por fim, através das amizades é possível desenvolver empatia, paciência e compreensão. “Percebemos que as diferenças de visão do mundo podem nos unir e não nos afastar. Ter amigos diminui nosso estresse. A amizade é uma das principais fontes de alegria!”, ressalta Rejane.

Leia também: Ter amigos no trabalho: Os benefícios para a saúde mental

Inclusive, a psicóloga cognitiva lembra que algumas pesquisas provam que pessoas solitárias tendem a desenvolver mais doenças.

Referências

La Nacion

Pais e filhos

Fonte

Rejane Sbrissa, psicóloga cognitiva.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.