DHA: O que é, benefícios e onde encontrar

Alimentação Bem-estar
02 de Julho, 2021
DHA: O que é, benefícios e onde encontrar

O DHA tem um papel importante na saúde do cérebro, principalmente o de bebês e crianças em fase de formação. O componente leva um nome um tanto complicado: docosa-hexaenoico, um dos mais importantes ácidos graxos do ômega-3.

Leia também: Ômega 3: Para que serve, benefícios e como tomar

Ele age diretamente nos neurônios e pode ser encontrado em algumas espécies de peixes: salmão, sardinha, bacalhau e atum. Saiba mais sobre a ‘gordura boa’ e quais seus benefícios para o organismo:

DHA: Para que serve?

Primeiro, vale entender sobre as consideradas “gorduras boas”: os ácidos graxos poli-insaturados são de muitos tipos, dentre eles, existe o ômega-3.

Essas substâncias auxiliam na manutenção das membranas celulares, no equilíbrio do colesterol e dos triglicerídeos (de acordo com um estudo feito no Japão), na proteção cerebral e na estimulação da memória e da cognição. Assim, a família do ômega-3 pode ser dividida em alguns tipos de ácidos graxos. Como:

  • Ácido alfa linolênico (ALA), encontrado principalmente em vegetais, óleos e castanhas;
  • Ácidos eicosapentaenoico (EPA) e docosahexaenoico (DHA), encontrados em fontes marinhas.

O ALA é facilmente obtido por meio de uma alimentação equilibrada, e pode servir de matéria-prima para o corpo fabricar EPA e DHA.

Já o DHA ajuda a construir e estruturar a comunicação dos impulsos nervosos do cérebro, contribuindo para boa memória, processamento de informações e aprendizagem. Inclusive, crianças podem ter mais atenção e adquirir maiores habilidades de leitura ao ingeri-lo.

Outro ponto que merece destaque é o benefício ocular, já que o ativo fortalece a retina, ajuda a ativar uma proteína chamada rodopsina e diminui as chances de problemas de visão.

Como consumir

A boa notícia é que dá para garantir o ácido docosahexaenoico por meio da alimentação. Em quantidades adequadas, ele ainda colabora com a melhora da imunidade, reduz o risco de doenças cardíacas, diminui níveis de triglicérides e colesterol no sangue e equilibra a pressão arterial.

Leia também: Óleo de krill: Para que serve, benefícios e como consumir

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a ingestão diária de, aproximadamente, 200 mg de DHA, e o ativo também pode ser consumido por mulheres grávidas para auxiliar na formação do feto. Procure um médico para indicar a melhor dieta e a quantidade adequada para o seu caso. Se houver necessidade, o profissional pode ainda sugerir a suplementação do componente.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros