Dente quebrado: o que fazer para reparar o problema?

30 de junho, 2022

Você já deve ter ouvido essa história: uma pessoa que range os dentes durante a noite ou tem bruxismo é surpreendida por um dente quebrado. Ou, então, a criança que caiu jogando bola e quebrou o dente da frente. Enfim, lidar com dentes quebrados não é novidade para muita gente, mas pode ser um transtorno quando acontece conosco. Saiba o que fazer para solucionar a situação.

Veja também: Como a saúde bucal influencia a saúde emocional

Quais as causas de um dente quebrado?

Para Paulo Ricardo Larosa, cirurgião-dentista da Clínica Healthy, as fraturas dentárias se dividem em dois tipos. O primeiro se deve a fatores intrínsecos, como as más oclusões, quando a mordida do paciente sobrecarrega um dos dentes, e as disfunções musculares, como o bruxismo e as cáries. “Já o segundo fator possui causas extrínsecas, como hábitos errados (abrir garrafas, cortar embalagens plásticas, ou tentar quebrar objetos duros com os dentes)”, explica o profissional. “Outros fatores estão relacionados a traumas, acidentes, batidas e agressões”.

O que fazer em caso de quebra? 

A regra é clara: diante de uma fratura de dentes é importante ir direto ao dentista, mesmo que a lesão seja mínima e indolor. Principalmente se você ainda tiver o fragmento do dente em mãos, pois às vezes ele pode ser reaproveitado para restaurar a fratura. “Também evite mexer no dente fraturado, sobretudo se houver mobilidade ou perceber que ele ‘saiu do lugar'”, orienta Larosa.

A visita ao profissional permite o tratamento da parte sensível do dente que pode ficar exposta e previne problemas futuros. Por exemplo, atingir a polpa do dente, onde estão os nervos e as artérias. Sem a intervenção do dentista, a fratura pode alterar a oclusão, isto é, a mordida, levando à mudança de posição de outros dentes. “Ainda é preciso verificar se não houve alguma fratura do osso alveolar, que segura o dente”, continua. “É importante salientar que a fratura pode ser somente da coroa, a parte visível do dente na boca, ou também da raiz, que prende o dente ao osso”.

Como tratar um dente quebrado? 

De acordo com o cirurgião-dentista, os dentes quebrados devem ser restaurados em sua forma estética funcional, dependendo do grau da fratura. Para isso, podem ser utilizadas resinas, próteses unitárias (coroas, facetas ou “lentes”), que podem ser de cerâmica, porcelana ou outros materiais. “No caso de comprometimento da raiz, pode ser necessária a colocação de um implante dentário“, acrescenta.

Pensando nas fraturas relacionadas a fatores intrínsecos, a restauração deve obedecer à oclusão e função mastigatória, evitando que o problema volte a acontecer. “Quanto aos fatores extrínsecos, devemos estar atentos ao bom uso dos dentes, sem forçá-los para abrir garrafas ou cortar embalagens”, finaliza Larosa.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.