Cozinhar pode reduzir o estresse. Entenda o motivo

4 de maio, 2020

Quando falamos em reduzir o estresse, geralmente surgem ideias de atividades como meditação, yoga e terapia. Mas, você sabia que algo simples como cozinhar também pode reduzir o estresse?

Se você cozinha apenas por obrigação, é hora de mudar seus pensamentos. Isso porque cozinhar nos trás alguns benefícios e nos satisfaz de algumas maneiras essenciais.

O ato de cozinhar é meditativo por si só. Mas também leva a uma dieta mais equilibrada, que os especialistas agora reconhecem como crucial para a saúde mental. Estudos também mostram uma ligação entre uma dieta mais saudável e níveis mais altos de serotonina (o hormônio da felicidade).

Assim, cozinhar pode ajudar a aliviar a depressão, a ansiedade e suas manifestações, além do estresse. Por isso, diversas clínicas de saúde mental começaram a usar a culinária como um tipo de terapia comportamental. Veja as razões pelas quais cozinhar alivia o estresse.

Aroma x estresse

Alguns ingredientes e especiarias aromáticas da comida reduzem o estresse. Quando você está fritando cebolas, por exemplo, tende a se concentrar no aroma. 

Embora não existam estudos conclusivos sobre aromaterapia, algumas pesquisas preliminares mostram que o aroma pode reduzir os níveis de cortisol, o hormônio do estresse.

Criatividade

Cozinhar pode envolver uma boa dose de criatividade, quando você segue uma receita, deseja obter os melhores resultados. Assim, pode optar por adicionar um sabor ou forma diferente na sua receita. 

Dessa maneira, ao exercitar sua criatividade, você tem um cuidado maior ao preparar a comida. Com isso, sua comida será ótima e você se sentirá melhor. 

Cozinhar para entes queridos traz felicidade

Ao cozinhar para amigos ou família, você se sente feliz. Ao preparar uma massa caseira, por exemplo, você estará ocupado e isso pode ser uma ótima maneira de ficar livre do estresse.

Leia também: Atividades que ajudam a lidar com o estresse na quarentena

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.