Como escolher o protetor solar e o fator de proteção para crianças?

Gravidez e maternidade
19 de Dezembro, 2022
Como escolher o protetor solar e o fator de proteção para crianças?

O Sol é importante para todos nós, por várias razões. Uma delas é que o Sol ajuda nosso organismo a fabricar a Vitamina D, que é muito importante para nossa saúde, principalmente para a saúde dos ossos. No entanto, Sol em excesso e no meio do dia pode queimar nossa pele e, em casos de exposição contínua, levar a problemas sérios no futuro, como câncer de pele.

Por isso é importante tomarmos pelo menos uns 15 minutinhos de Sol todos os dias possíveis, antes das 10 horas da manhã e/ou depois das 16 horas. Só isso. Fora deste período, vamos passar o protetor solar. Bebês e crianças podem e DEVEM usar o protetor solar. Escolha um protetor indicado para crianças, hipoalergênico de preferência, e que tenha fator de proteção acima de 40.

Uma dica: antes de utilizar o produto, passe um pouquinho na perninha do bebê para ver se ele tem alergia. Faça isso à noite e olhe no dia seguinte. Se estiver tudo bem, sem bolinhas vermelhas, aprovado! Importante:  cuidado com bebês menores de 1 ano de idade. O Sol, depois das 10 horas, pode ser muito forte para eles. Mesmo com protetor. Nesta hora, o melhor é deixá-los em casa, bem fresquinhos, arejados e hidratados.

 Leia mais: Qual o melhor protetor solar para cada tipo de pele? Aprenda como escolher o produto

Quando devo repassar o protetor solar?

O protetor solar deve ser repassado a cada 2 horas, principalmente se as crianças (vale também para adultos) suaram ou entraram na água.

O que devo passar primeiro? Protetor ou repelente de insetos?

Em algumas regiões precisamos usar tanto o protetor solar quanto o repelente de insetos ao mesmo tempo. Tudo certo e isso é possível. No entanto, é importante que primeiro se passe o protetor solar. Esperem uns 15 minutos e depois, por último, o repelente de insetos. Se precisar reaplicar, vale a mesma regra.

Roupa UV funciona? 

SIM. As roupas UV são feitas para bloquear os raios ultravioleta do Sol que queimam a pele. Por isso são chamadas de UV ( UltraVioleta ). No entanto, é importante observar que, com as bermudas ou camisetas UV, nem todas as áreas expostas ficam protegidas como, por exemplo, as mãos, pernas, pés ou o rosto, principalmente. Portanto, é recomendável que, nestas regiões, se passe o protetor solar. Certifique-se também de que a roupa UV que você adquiriu é de boa qualidade e de fato bloqueia os raios solares, garantindo sua proteção.

Como evitar insolação e quais os melhores horários do sol com criança e bebê?

Quando tomamos Sol demais, especialmente entre 10hs e 16hs, podemos sofrer uma insolação. Isto acontece porque neste horário os raios solares queimam a pele e esquentam o corpo. Este aquecimento prejudica o funcionamento das células. Resultado: podemos apresentar sintomas como desidratação, tontura, enjoo e vômitos. Em alguns casos, pode ser tão grave que é preciso internação hospitalar para tratar. Por isso, para não levar à insolação, especialmente em crianças que são mais sensíveis, evite o Sol entre 10 e 16 horas, use sempre o protetor solar e hidratem-se bastante.

Quais cuidados devo ter com a hidratação das crianças?

No verão perdemos mais água para o ambiente, pois transpiramos muito mais. As crianças são especialmente sensíveis à perda de água corpórea. Para repor estas perdas normais no calor, devemos nos hidratar bem. Por isso, é importante oferecer a cada hora para os pequenos muitos líquidos como água, que é sempre o melhor de todos, mas que pode ser variada com chás frios, água de coco ou sucos refrescantes. Uma dica para quem tem crianças maiores: deixe garrafas de água espalhadas pela casa e ao alcance das crianças. Isso as ajudará a “lembrar” de beber mais.

dra ana escobar

Sobre o autor

Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084) @draanaescobar Médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente é membro do Conselho Diretor do Centro de Desenvolvimento da Infância de Medicina da USP

Leia também:

mãos de mulher colocando leite materno em um recipiente
Gravidez e maternidade Saúde

Como tirar e armazenar o leite materno com segurança?

Seja para estimular a produção, guardar para momentos sem o bebê ou até doar, alguns cuidados são necessários na hora de realizar a extração

Ansiedade em Divertida Mente 2
Bem-estar Equilíbrio Gravidez e maternidade Saúde

Divertida Mente 2: como auxiliar as crianças com suas emoções?

Entenda o papel das emoções no amadurecimento do cérebro e na formação humana, tema da nova animação de sucesso nos cinemas: Divertida Mente 2

grávida pode comer sushi
Gravidez e maternidade Saúde

Grávida pode comer sushi?

Antigamente, acreditava-se que o peixe cru poderia causar toxoplasmose. Veja se o alimento é permitido na gestação