Cochilar durante o dia faz bem para o coração

31 de outubro, 2019

Quem nunca aproveitou para cochilar à tarde, depois do almoço? Apesar de muitos acreditarem, o hábito não é prejudicial à saúde.

Um estudo feito no Hospital Universitário Lausanne, na Suiça, constatou que pessoas que tiram cochilos – seja uma ou duas vezes por semana, por cinco minutos ou uma hora – são 48% menos propensas a sofrerem ataques do coração, derrame ou insuficiência cardíaca.

A pesquisa, que relaciona cochilar e a saúde do coração, foi publicada na revista Heart of The British Cardiovascular Society. Nela, profissionais acompanharam 3.462 pessoas entre 35 e 75 anos, por mais de cinco anos.

Mas, e quem não tem tempo para cochilar?

Aqueles que (infelizmente) não podem cochilar durante o dia não precisam se preocupar. O importante é ter uma ótima noite de sono e descanso.

Leia também: Melatonina: Tudo sobre o hormônio do sono

Além do aspecto físico, a falta de sono atrapalha também o desempenho cognitivo, como a falta de criatividade, e menor capacidade de tomar decisões.

A quantidade de horas recomendadas para uma pessoa varia muito da idade e fator genético. Entretanto, a Organização Mundial de Saúde indica que os adultos precisam, geralmente, de 7 a 8 horas de descanso. Porém, cumprir todas essa carga horária parece mais um sonho do que um objetivo atingível.

Porém, se você estiver dormindo de boa qualidade o suficiente durante a noite, não precisará dormir durante o dia. Dito isto, é importante honrar as necessidades do seu corpo, e pressionar a fadiga pode ter um efeito adverso em inúmeras funções corporais, incluindo a saúde cardiovascular.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo