Celulite facial: Conheça este tipo de inflamação e saiba como evitar

20 de dezembro, 2021

O nome faz lembrar os furinhos no bumbum e coxas. Mas a celulite facial não tem nenhuma relação com eles. As duas ambas atingem camadas mais profundas da derme: a celulite comum é uma inflamação do tecido adiposo, enquanto a facial é uma infecção causada por bactérias. Para que você entenda o que causa e saiba identificar a doença, fizemos um guia com perguntas e respostas.  

O que é celulite facial?

A doença é causada por uma bactéria, que interfere no tecido subcutâneo da face. Pode entrar na pele através de uma ferida aberta ou mesmo uma espinha. Também pode ser um caminho,patologias como sinusite e amigdalite. 

O sistema imunológico baixo ajuda com a isso aconteça. Apesar do nome, em nada tem de parecido com aquela que aparece no corpo, uma inflamação do tecido adiposo. Esta é a inflamação dos tecidos profundos associados a infecção bacteriana.

Quais são os sintomas para que eu possa identificar?

Os sintomas são pele com vermelhidão, dor e inchaço. ainda pode haver febre e calafrios, por ser profunda –  atinge várias camadas da pele. 

Quais são os tratamentos para curar? 

Se você perceber na pele essa ferida vermelha, com o local mais quente, é preciso procurar um dermatologista ou clínico geral para o tratamento adequado. Será necessário uso de antibióticos, seja por via oral, intramuscular ou até endovenoso, dependendo da gravidade. 

Automedicação pode ser perigosa, pois complicações como lesões oculares e até meningite são passíveis de aparecer. Ao mesmo tempo, hidratação da pele e cuidados com a ferida para evitar a entrada de outros microrganismos. O local precisa ficar limpo e seco, sem ficar cutucando as casquinhas formadas.

Diante de alguma lesão no rosto, como posso evitar que chegue a este ponto? 

O melhor é deixar os dedos longe, por mais irresistível que seja. Arranhar, mexer, cutucar pode levar bactérias para o local, ainda mais se as mãos não estiverem limpas. Então, espremer a espinha está proibido, já que ela pode se transformar em uma celulite facial.

Além da questão da higiene das mãos, como a celulite facial pode ser uma consequência de problemas dentários, as consultas anuais são imprescindíveis ou quando notar algum sintoma. 

Há pessoas com maior predisposição a ter essa celulite facial?

Ninguém está imune a desenvolver a doença, mas quem tem o sistema imunológico mais frágil, como idosos e crianças estão mais suscetíveis. Além disso, também pode aparecer em pessoas que tenham algum fator que favorece a entrada de bactérias na pele como diabetes, micose nas unhas ou feridas.

Então, a celulite facial pode aparecer em outros lugares?

Sim, mas o nome dado pelos médicos continua o mesmo, por conta das mesmas características. A celulite facial pode atingir a derme e o hipoderme, de qualquer região do corpo. Mas é mais comum nas pernas, braços e face. 

Fontes: dermatologista Joana Darc Diniz, diretora Científica da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, do Rio de Janeiro; dermatologista Patrícia Mafra, de São Paulo e Roberta Padovan, médica pós -graduada em dermatologia especialista em medicina estética pelo Incisa (Instituto Superior de Ciências da Saúde), de São Paulo. 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.