Alongamento antes da musculação deve ser evitado? Entenda

Bem-estar Movimento
16 de Maio, 2023
Alongamento antes da musculação deve ser evitado? Entenda

Principalmente nas redes sociais, surgem diversas opiniões sobre o mundo fitness. E uma delas é se o alongamento antes da musculação é um aquecimento benéfico ou deve ser evitado.

Tipos de aquecimento

De acordo com um estudo, existem diferentes tipos de aquecimento: ativo ou passivo, geral ou específico. Entenda cada um:

  • Ativo: é realizado com movimentos de baixa intensidade, que elevam a temperatura corporal e melhoram as funções fisiológicas. 
  • Passivo: feito com fontes externas de calor, como duchas quentes, fricção ou massagem;
  • Geral: mobiliza grandes grupos musculares e aumenta o funcionamento do organismo como um todo, como acontece em um trote leve;
  • Específico: feito com exercícios específicos para uma modalidade, visando grupos musculares mais selecionados e favorecendo a irrigação da musculatura a ser recrutada, permitindo alcançar uma temperatura ideal. 

Segundo Joicy Vanessa, Educadora Física, também conhecida como Joyce Maromba, o objetivo central do aquecimento geral ativo é elevar a temperatura corporal e muscular. Assim, preparando o sistema cardiovascular e pulmonar para a atividade física. Mas não basta apenas começar a se mexer: o aquecimento deve ser progressivo e gradual, com intensidade suficiente para elevar a temperatura corporal sem causar fadiga. A prática aumenta a elasticidade dos músculos, tendões e ligamentos. Isso reduz o risco de lesões, e melhora o fluxo sanguíneo e a função do sistema nervoso central.

Leia também: Alongamento: Tipos de alongamento, benefícios e como praticar

Importância do aquecimento

Para a especialista, quando realizamos alongamentos antes do exercício, estamos alongando as fibras musculares, o que ajuda a relaxar o músculo e aumentar a flexibilidade.

“Durante a musculação, já realizamos movimentos de alongamento e contração, mas é importante aquecer adequadamente antes do treino. Embora muitas pessoas acreditem que o aquecimento deve ser feito apenas na esteira, na verdade ele pode variar dependendo do tipo de exercício a ser realizado. Você pode aquecer nas máquinas que usará no dia, mas com baixa carga”, sinaliza Joicy.

Essa prática, observada por técnicos e atletas ao longo de décadas, mostra que começar com pesos mais leves pode melhorar o desempenho e reduzir o risco de lesões. “Por exemplo, se você vai treinar membros inferiores, é importante lubrificar as articulações antes de começar. Isso pode ser feito por meio de exercícios como agachamentos sem peso, leg press e cadeira extensora com carga leve. Dessa forma, você avisa à musculatura que irá se exercitar e evita lesões ou desconforto durante o treino”, ressalta a educadora.

Aquecer antes de praticar exercícios é crucial para um bom desempenho, mas não basta apenas começar a se mexer: o aquecimento deve ser progressivo e gradual, com intensidade suficiente para elevar a temperatura corporal sem causar fadiga. 

Pode fazer alongamento antes da musculação?

Joyce afirma que pesquisas indicam que realizar alongamentos prévios pode diminuir a força máxima durante o treinamento de musculação. Contudo, ainda não está claro se eles devem ser evitados completamente ou apenas antes de competições de força máxima ou potência explosiva, como saltos e arremessos. 

“O importante é escolher um aquecimento que funcione para você e seu treino, e que ajude a prevenir lesões e melhorar o desempenho. Consultar um profissional de educação física ou fisioterapeuta pode ser uma ótima maneira de personalizar seu aquecimento e garantir uma sessão de exercícios segura e eficaz. Não deixe de aquecer antes de se exercitar”, ressalta.

Fonte: Joicy Vanessa, Educadora Física.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina