Ventosaterapia: O que é e quais são os benefícios

10 de março, 2021

A ventosaterapia é um tipo de tratamento natural. O objetivo principal é promover o relaxamento muscular e a melhora da oxigenação dos tecidos. Assim, a técnica faz parte da Medicina Tradicional Chinesa, que foca em equilíbrio, energia e harmonia.

Para a Medicina Tradicional Chinesa  o corpo é um sistema integrado. Ou seja, a mente, as emoções, o espírito e a parte física estão conectados. Portanto, não adianta olhar apenas para uma parte. Além disso, ela acredita na interpretação dos sinais do corpo sobre o estado geral de saúde.

Dessa maneira, a terapia ventosaterapia surgiu há milhares de anos. Ela é praticada em diversos países. É utilizada principalmente para tratar as dores musculares, em regiões como a cervical, a lombar, as coxas e os joelhos. Além disso, o tratamento também pode ajudar a combater a celulite, pois aumenta a circulação do sangue.

No entanto, se você toma anticoagulantes ou tem sangramento facilmente, a ventosaterapia não é uma opção. Pois, pode deixar a pele sensível, gerando dor no local. 

Benefícios

A ventosaterapia pode trazer diversos benefícios para a saúde física e mental. Portanto, veja os principais:

  • Desintoxica o organismo;
  • Reduz as dores musculares e as abdominais;
  • Eliminação de contraturas musculares;
  • Aumenta a circulação sanguínea;
  • Trata a hipertensão arterial;
  • Relaxa e acalma a mente.

Como funciona a ventosaterapia

O tratamento da ventosaterapia começa com o terapeuta passando óleo ou creme hidratante na área afetada. Assim, isso permite que as ventosas deslizem pela pele.

O tratamento pode ser feito por uma pessoa formada em Medicina Tradicional Chinesa, um acupunturista ou fisioterapeuta.

É possível aplicar diferentes tipos de ventosas. Veja quais são elas:

  • Copo de vidro: Acenda uma vela e coloque a chama no interior do copo. Em seguida, coloque o copo na pele;
  • Copo de silicone: É necessário pressionar o copo de silicone com os dedos e depois colocar na pele. Porque, devido ao vácuo que se forma em seu interior, a pele é sugada e a ventosa fica presa;
  • Ventosa eletrônica: Apesar de ser menos comum, também é muito eficiente. Basta posicioná-la no local que você deseja tratar e ligar o aparelho na força do vácuo que se deseja usar.

Leia também: Qi Gong: Conheça os exercícios da Medicina Tradicional Chinesa

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.