Como uma casa bagunçada atrapalha a qualidade do sono

3 de janeiro, 2022

Entre bancadas sem organização, armários desordenados, pratos sujos na pia e pisos que precisam ser aspirados, a lista de tarefas de limpeza doméstica pode parecer interminável. Então, qual é o problema em adiar algumas tarefas até amanhã? Contudo,procrastinar as tarefas de limpeza pode ter consequências mais sérias do que simplesmente criar mais trabalho para o seu futuro “eu”. Uma casa bagunçada pode na verdade ser a causa de problemas para dormir. Essa foi a conclusão de uma pesquisa realizada pela CPAP, uma empresa americana de produtos para terapia do sono.

A pesquisa perguntou a mil pessoas como seus hábitos de limpeza afetam a qualidade do sono. Mas, os resultados são um bom argumento para seguir um programa regular de limpeza. Enquanto apenas 26% dos indivíduos que se autodenominam “bagunceiros” relataram que se sentem satisfeitos com o sono, as pessoas normalmente mais organizadas têm duas vezes mais chances de obter uma noite de descanso.

Casa bagunçada x sono: Entenda a relação

O estresse induzido pela casa bagunçada pode ser o responsável por alguns problemas na hora de dormir. Pois, a maioria dos entrevistados (incluindo cerca de 80% das pessoas organizadas e mais da metade dos indivíduos bagunceiros) disse que se sente ansiosa quando suas casas estão desarrumadas.

“Um espaço limpo diz às nossas mentes que não temos nada com que nos preocupar. E, portanto, podemos ter um bom sono restaurador”, disse Christine Lawler, a especialista em sono por trás da pesquisa. “Contudo, quando estamos cercados por bagunça, tudo parece caótico e é mais difícil para nosso cérebro desligar. Estamos biologicamente programados para produzir produtos químicos para nos manter acordados se estivermos cercados pelo caos de uma casa bagunçada.”

Assim, para transformar seu quarto no ambiente ideal para dormir, Lawler sugere focar nas áreas diretamente ao redor da cama. “Ou seja, a melhor coisa a se fazer é arrumar sua mesa de cabeceira, o chão ao lado da cama e qualquer mobília próxima.

Leia também: Retrospectiva do sono: Como dormimos durante a pandemia?

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.