Como secar: dieta para emagrecer rápido e com saúde

28 de julho, 2022

O inverno é uma delícia. Período recheado comidinhas quentes e calóricas. Mas, quem abusou durante as últimas semanas não precisa desanimar e nem jogar a toalha. Pois, é possível eliminar os quilinhos que vieram com a comilança com uma dieta detox. Saiba como secar.

Assim, é provável que o corpo se sinta confuso com a adição calórica inesperada. Portanto, nesse momento, o organismo precisa se “desintoxicar” dos excessos. Mas, como? Com alimentos funcionais e antioxidantes que ajudam a desinchar o corpo.

Porém, antes de mais nada, você sabe o que é uma dieta detox? Imagine dar um “reiniciar” no seu organismo, deixando para trás uma alimentação desregrada para adotar novos hábitos alimentares. A dieta de desintoxicação pode ser explicada dessa maneira. 

Assim, olhando à primeira vista, o detox pós-festa junina não tem muita diferença de uma dieta saudável. Mas, para cumprir o objetivo de desintoxicar o corpo, o programa aposta em alimentos naturais e exclui os alimentos industrializados e aqueles com alto potencial alergênico. Ou seja, laticínios, leite de soja, glúten, cereais refinados, açúcar, adoçantes, corantes, conservantes, café e álcool.

Portanto, o organismo elimina o excesso de toxinas. Dessa maneira, você recupera energia e emagrece sem sacrifício. 

Como secar: nutrientes para a dieta detox

Assim, para mostrar que existem alternativas nessa dieta, explicamos quais são os nutrientes que não podem faltar na detox. Além disso, em quais alimentos é possível encontrá-los. 

Alimentos para o cardápio da dieta detox: como secar

  • Durante esse período deve ser evitado o uso de sal, consumo de embutidos ou alimentos que contenham mais de 200 mg de sódio na porção. Da mesma maneira, é importante evitar ingerir carne de sol e de porco, bacalhau e peixes de água salgada.
  • Além disso, consumir 2,5 litros de água por dia.
  • Comer melancia, pois, a fruta é constituída basicamente de água e é uma grande aliada na eliminação das toxinas do corpo a partir do rim. 
  • Colocar melão no cardápio. Fonte de potássio e magnésio, que atuam favorecendo a função renal.  
  • Temperar os pratos com alho, que é fonte de potássio, além de salsinha e cebolinha, que contêm magnésio e potássio
  • Limão. A fruta tem efeito detox, ajuda a eliminar toxinas e melhora a digestão. Entre outras propriedades, ele é rico em vitamina C, o que faz com que fortaleça o sistema imunológico.
  • Apostar no pepino. O vegetal tem enxofre e silício que aumentam a micção, estimulando os rins a remover o ácido úrico. Da mesma forma, é fonte de água e potássio e com baixo teor de sódio. Também o pepino inibe a produção de ácido nítrico e enzimas inflamatórias, reduzindo assim o inchaço. 
  • Por fim, chás. O consumo de 300 ml incentiva a redução de líquidos corporais ativando o sistema circulatório. As ervas mais eficazes são cavalinha, chá brancochá verde, mate e hibisco

Receita de suco detox com couve, limão e pepino

Ingredientes

Modo de preparo

Bata, coe e, por fim, consuma

Descubra se seu peso está saudável Em minutos, você saberá se seu peso atual é saudável, com a ajuda grátis da Vitat.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.